Oficinas de Áudio

 

PRIMEIRA OFICINA

 

A primeira oficina foi realizada entre os dias 27 e 31 de julho e contou com a participação de Henrique Vasconcelos de Moraes, Luiz Felipe Vasconcelos e Pedro Alexandre de Vasconcelos, todos do Ponto de Cultura Oca em Carapicuíba, Diego Santana e Luis Rogério da Silva, ambos do Ponto de Cultura de Pilar do Sul e dos estudantes de comunicação Bruno Lantieri, Leonardo Aragão e Izabel de Aragão.

 

Desta oficina tivemos 3 resultados. 2 deles estão disponíveis abaixo. O pessoal da Oca fez uma linha rítmica de forró com Zabumba, triângulo e pandeiro. Sobre esta linha rítmica Thiago Esperandio (instrutor da oficina) fez a gravação de 2 guitarras. Clique abaixo para ouvir:

 

 

 

Posteriormente, sobre a mesma linha rítmica (sem a guitarra) Diego e Luis criaram um violão base e um solo. Clique abaixo para ouvir:

O terceiro resultado foi um PODcast feito pelos estudantes de comunicação (não disponível até o momento)

 

SEGUNDA OFICINA

 

A segunda oficina foi realizada entre os dias 17 e 21 de agosto e contou com a presença de Natália Vasconcelos de Moraes e Henrique Vasconcelos, ambos do Ponto de Cultura Oca em Carapicuíba. Vera Lúcia Veríssimo (cantora), Waldecir de Assis Jr. (frequntador da Casa Brasil de Capão Redondo)

 

Desta vez o pessoal da Oca contribuiu com uma alfaia e um agogô que foram a origem da invenção. Em conversa, os alunos decidiram prestar uma homenagem a Dorival Caymmi. Thiago Esperandio gravou duas frases de piano, uma reproduzindo a melodia, outra fazendo uma linha grave com inspiração nos arranjos de Tom Zé. Vera e Natália fizeram os vocais e Junior fez o contrabaixo, sua influência é de reggae, mas o contrabaixo lembra uma rítmica de berimbau. Por fim, aproveitando o tema de Caymmi que trata o mar, Vera recitou trechos de Os Lusíadas que entremeiam a letra da canção. Clique abaixo para ouvir:

 

TERCEIRA OFICINA

 

A terceira oficina (24 a 28 de agosto) teve as presenças de Elisa Estronioli, Kátia Alexandre (entidade Ciranda das Pipas), Robson e José Henrique (bateirista). O material da oficina começou com uma sequência ritmica de José Henrique na bateria. Imediatamente surgiu a idéia de se fazer algo com referências indígenas. Uma série de chocalhos foram trazidos para a aula, textos falando sobre os índios foram pesquisados, Robson que fazia experimentações com música eletrônica compôs uma sequência que ele chamou de macumbofagia e todos foram gravar as recitações dos textos escolhidos. Em ordem na edição, Kátia canta um trecho em Tupi Guarani, Elisa recita Oswald de Andrade, depois recita a leitura de um trecho do Pe. José Anchieta falando sobre a fundação de São Paulo. Logo, um texto de Gergório de Mattos falando sobre a cidade tem perguntas de Elisa e a resposta de todos e por fim Kátia recita Darcy Ribeiro. No final, volta o canto em tupi guarani de Kátia. Elisa ainda gravou um violão bossa-nova e Thiago (instrutor) um piano para acompanhá-lo Para ouvir, clique abaixo:

 

QUARTA OFICINA

 

A quarta oficina (28 de set a 02 de out) contou com Anderson Stoffelshauss (músico), Eduardo Gomes Melo (músico) André Takahashi e Robson. Nesta oficina uma harmonia de teclado feita por Anderson foi a origem do material. Sobre a idéia do Anderson foram criados o contrabaixo de Edu Gomes e o violão de 12 cordas por Thiago Esperandio (instrutor). Anderson fez a bateria, André fez sonoplastias e Robson se descobriu com potencial para ser locutor. Foi escolhido um texto no atlas literário do IBGE para ser recitado durante a música. Clique abaixo para ouvir:

 

QUINTA OFICINA

A quinta oficina (19 a 23 de out) contou com Maurício Sotelo, com a parceira musical e conjugal de Renato Pi Brasil e Marina Guanaes, com Celeste Maris (cantora), com Ary Lima (cantor do coral do Teatro Municipal) e com Heitor Silva (guitarra). O material da oficina começou com a gravação da gaita colombiana e da flauta transversal de Mauricio Sotelo (colombiano), Sobre a melodia da gaita colombiana, Ary fez um vocalize e depois Marina também fez vocalizes. Renato Pi gravou um violão e Celeste recitou duas poesias de Adélia Prado além de também ter feito alguns vocalizes. Heitor gravou guitarras acentuando as notas principais. O resultado editado pode ser ouvido clicanod abaixo:

 

Em breve, disponibilizaremos as edições da sexta oficina que aconteceu em dezembro, da sétima feita em janeiro e da oitava feita em março.

SEXTA OFICINA

SÉTIMA OFICINA

OITAVA OFICINA

 

Contato

 

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

ShareThis for Joomla!

Endereço

Rua Cônego Eugênio Leite, 1117 - Pinheiros - São Paulo - SP - CEP.:05414-012
Tel.: + 55 (11) 3083-5134

Termos de uso

Licença Creative Commons
Conteúdo publicado no site e creditado à equipe do Coletivo Digital é licenciado por Creative Commons - Atribuição - Uso Não Comercial - Partilha nos Mesmos Termos 3.0 Brasil.
Textos, estudos e publicações de autoria de terceiros republicados no site devem ter a autorização expressa dos mesmos para qualquer uso futuro.

Всегда ждет вас эротический массаж Киев в сердце столицы.